terça-feira, 25 de Março de 2014

As mulheres pela visão de um homem...


As mulheres pela visão de um homem...
Não importa o quanto pesa. O fascinante é tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. Não temos a menor ideia do seu tamanho. A nossa avaliação baseia-se de outra maneira, o importante para nós é se tem forma de guitarra!

Não nos importa quanto medem em centímetros, pois é uma questão de proporções, não de medidas. As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, carnudas... Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fracção de segundo. As magrinhas que desfilam nas passareles, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, parecem odiar as mulheres e com elas competem. As suas modas são rectas, lisas e sem formas.

A maquilhagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas... Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas é como ter o melhor sofá embalado no sótão.

É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréctica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranquila e cheia de saúde.

As jovens são lindas... mas as de 30/40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não da para entrar, sem ficar psicótica, no mesmo vestido que usava aos 18. Uma mulher de 45, que entra na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.

Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua tendência a culpas. Ou seja, aquela que, quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá na primavera, não antes); quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade, quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que gosta, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não passaram a vida a fazer botox, nem em spa... Viveram!

O corpo da mulher é o sagrado recinto da gestação de toda a humanidade, onde foi alimentada, e gerada toda a vida, sem querer, e porque faz parte, foi ou será marcado pelo tempo, com estrias, e demais coisas que fizeram parte do processo que contribuiu para que estivéssemos vivos.

Portanto, Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! A beleza é tudo isto e muito mais.

20 comentários:

  1. Obrigado pelas suas lindas palavras . Muito bonito este texto e que me emocionou bastante . Traduzi este texto en francês para uns amigos que me pediram para lhe agradecer de ter escrito e descrito tão bem o que eles pensam também das mulheres.
    Nosso muito obrigado de todos :)
    Beijos
    Sofia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentários Sofia,
      ainda bem que gostou ;)
      continuem a seguir o nosso blog, pois mais novidades dedicadas à mulher irão surgir.
      bjs

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Eu nao gosto de estragar a festa mas nao consigo conter-me quando ha uma verdade a ser dita.
    Este artigo foi escrito por uma mulher, que nao tem grande conhecimento de "visao de um homem". Provavelmente cheiinha e a defender-se dos ataques da sua propria mente, que tem toda a razao em ficarem cada vez mais ferozes.
    Nao é assim que um homem ve a mulher que deseja.
    Somos mais materialistas e mais picoinhas.
    Para alem de condiçoes psicologicas (humor, simpatia, inteligência, flexibilidade e compreensão com as nossas companhias, etc etc etc), ha o lado físico muito acentuado.
    Nao chega a forma de guitarra.
    Nao pode ter celulite.
    Nao pode ter um segundo queixo.
    Nao pode ter muito peso - verdade que nao interessam os quilos mas sim a nossa capacidade de a levantar no ar a nossa frente, if you know what I mean.
    Nao pode ter barriga.
    Nao pode ter gordura visível nos braços por cima de cotovelo.
    Nao pode ...
    Nao pode ...
    Nao pode ...

    Se a autora de artigo acredita no que escreveu - vai demorar imenso tempo para encontrar um homem para ela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostos não se discutem, nao era agora que se ia começar

      Eliminar
    2. Bom dia Teo :)
      pois realmente está enganado quando à autoria deste texto, que foi sim escrito por um Homem escritor "Paulo Coelho" e adaptado por uma mulher.
      na verdade gostos não se discutem, mas a verdade é que não existem nem homens nem mulheres perfeitas.
      E na minha opinião eu penso que o Teo é que vai ter dificuldades em arranjar uma pessoa que fique ao seu lado de corpo e alma.
      Pois a beleza é efémera, e eventualmente uma mulher magra sem celulite e sem barriga, com o passar dos anos, vai ficando com essas marcas próprias da natureza feminina.
      E o Teo de tão exigente que é poderá acabar por ficar sozinho, ou então andará sempre à procura da perfeição, que não existe!

      E o amor, vai muito além da forma física, que não se limita a amar só o que parece ser bonito, mas sim o que é verdadeiro.
      O amor é um estado de Alma...
      Afinal o "essencial é invisível aos olhos"

      Eliminar
    3. Mas há alguma mulher no mundo sem celulite??? Sem uma bolinha por mais pequena que seja?? O Senhor Teo, se encontrar, e se é mesmo isso que procura guarde-a para si.
      O amor sente-se não se vê!!

      Eliminar
    4. Isto é engraçado ver como cada um vê as coisas. Cada um com a sua. A minha é: 1) O Teo ou é um playboy cheio de charme ou vai mesmo ter dificuldades em sequer copular, quanto mais arranjar mulher para a vida. 2) não me parece que este artigo seja sobre amor ó Marisa. Sim amor não tem nada a ver com forma física e forma física não tem nada a ver com amor. Assim como a presença ou ausência de características psicológicas atractivas não tem nada a ver com beleza, gordura e amor. Que confusão que para aí vai! E sim, concordo com cada palavra deste autor (apesar de ele também ser um caso extremo).

      Eliminar
  4. Engraçado Sr Teo quer dizer que a sua visão de mulher bonita ou as vistas do homem é ser magrinha um corpo de modelo, e o do Sr o que pensarão as mulheres? Acredito que exista homens como fala o artigo, pois eu pergunto se há homens casados com mulheres magrinhas, sem gordura , sem barriga e outras coisas mais pq vão á procura fora de casa? E eu conheço alguns assim :-)

    ResponderEliminar
  5. Por mim eu não ligo ao formato da mulher, eu só ligo á mulher se me sinto amado por ela e eu a ela como somos e não por aquilo que gostariamos que fossem... E mesmo assim ainda agora tenho 30 anos e ainda estou na sombra da bananeira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. um dia certamente irá encontrar a sua cara metade ;)

      Eliminar
  6. Mais uma opinião de Homem. Não gostei do artigo, simplesmente por uma coisa. Minimiza a mulher a um mero corpo. Espantem-se senhoras, mas ao contrário do que muitas vezes é transmitido, não é o homem que valoriza o corpo da mulher mas ela própria. Não é o homem que pede à mulher para ser magra, que ponha implantes, ou mesmo botox, é a própria mulher que o deseja fazer pois vive na ilusão do "forever young". Quando se ama, tudo é bonito e todo o corpo é belo. Pintar? Se a mulher gostar, que o faça, mas se perguntarem aos homens se gostam que as mulheres se pintem (em excesso), talvez tenham surpresas nas respostas. Claro está que existem sempre os homens que gostam de "passear" a mulher, mas para isso meus amigos, um conselho: adotem antes um cão, também dá para passear, as mulheres acham graça e dá menos despesa ;)

    ResponderEliminar
  7. Falta referir que o texto é da autoria do escritor Paulo Coelho :))

    ResponderEliminar
  8. Pois eu sendo homem concordo em absoluto com todo o texto e conheço mais homens a pensar e a agirem da mesma forma. Parabéns por este magnífico artigo.

    ResponderEliminar
  9. Magnífico artigo do Paulo Coelho sobre a Mulher. Revejo-me nele completamente. Realço uma frase da Marisa Matos, que em duas ou três palavras resume o que de mais importante deverá ter o Amor, - amar, não só o que parece ser bonito, mas o que é verdadeiro.

    ResponderEliminar
  10. Este Excelente Texto é essencialmente dirigido às MULHERES, esses maravilhosos seres Humanos que se olham ao espelho e jamais conseguem não ver defeitos e mais defeitos, que definham em depressões "Parvas" e que esquecem que são:
    "o sagrado recinto da gestação de toda a humanidade, onde foi alimentada, e gerada toda a vida, sem querer, e porque faz parte, foi ou será marcado pelo tempo, com estrias, e demais coisas que fizeram parte do processo que contribuiu para que estivéssemos vivos"
    Mias Belo que Isto, eu não quero... eu já tenho a minha Mulher que é Maravilhosa e amo todos os seus defeitos...
    Obrigado Paulo Coelho

    ResponderEliminar
  11. Como já foi dito, há gostos para tudo, pessoas para tudo e com todo o tipo de características pois aqui tem-se falado em defeitos e qualidades mas tudo não passam de características. Cabe a cada um atribuir-lhes valor conforme as suas vivências. Assim como a beleza é relativa aos olhos de cada um pois se todos gostássemos de amarelo éramos um mundo de canários. Para pessoas como o Sr. Teo existem mulheres especificas.
    Como mulher posso-lhe dizer que também há homens que não interessam às mulheres como por exemplo homens superficiais.
    Muita sorte!

    ResponderEliminar